top of page
  • Foto do escritorChef Ana Tomazoni

DIA NACIONAL DO CHEF DE COZINHA

Atualizado: 8 de jun. de 2020

Origem do Dia do Chefe de Cozinha A data, 13 de maio, Dia Nacional do Chef de Cozinha, foi criada pela Associação Brasileira da Alta Gastronomia (ABAGA), em 1999, para homenagear a arte e o prazer de cozinhar no Brasil. No mundo inteiro, esses profissionais são também lembrados no dia 20 de outubro, quando se comemora o Dia Internacional do Chef de Cozinha.



Outra data muito importante é o Dia da Cozinheira (o), comemorado em 10 de maio, desde 2005 quando foi aprovado o decreto de Lei número 6049, do deputado Alex Canziani, que regulamentou a profissão de Cozinheiro no Brasil.


Temos também o Dia do Profissional de Culinária, 09 de dezembro, Lei n° 10.754, de 23/01/2001 que instituiu o “Dia da Culinarista” projeto autoria do Deputado Geraldo Vinholi a pedido da Associação Brasileira dos profissionais de culinária (ABPC), na época presidida pela Ana Maria Tomazoni.






É interessante conhecermos a profissão de, hoje mais conhecida como, Chef de Cozinha, com suas terminologias que foram se modificando com o tempo. Sou educadora alimentar e chefe de cozinha há muitos anos, estudo e acompanho esse mercado da gastronomia. Para ser um bom Chef de Cozinha ( até a virada do milênio culinaristas) , a experiência pesa muito no currículo pois a arte de cozinhar com quem conhece na prática realmente fará a diferença no fogão e na liderança de sua equipe. Tem ainda a função do planejamento de  cardápios, elaborar o pré- preparo, a finalização dos pratos, observando métodos de higiene, cocção e padrões de qualidade.

















Aregala - Cozinheiros sem fronteiras


O conhecimento da cultura local, da região e sua biodiversidade farão a diferença na atuação do profissional que comanda um empreendimento gastronômico, seja em restaurantes, buffets, hotéis etc. E, dentre suas qualidades, destacam-se liderança, pró-atividade, organização, supervisão e disponibilidade de tempo para uma dedicação mais estreita. Para quem sonha ser um Chef tipo programa de TV está enganado, a realidade é outra. Fazer acontecer em um empreendimento comercial é bem diferente. Precisa de muita magia e talento! Mas para quem gosta e se dedica a essa atividade tem suas recompensas: o amor em cada prato e sua realização em servir e agradar até o mais exigente paladar, descobrir em cada produção o melhor aroma e sabor extraindo suspiros de quem degusta naquele momento que se tornará inesquecível. Curso de Formação com práticas!

Um curso profissional que aborde técnicas clássicas de cozinha aliado à prática, este acreditamos ser o ideal. Assim na Escola Sabor & Saber Gastronomia prezamos muito pelo conhecimento com ciência, estudo, dedicação essencialmente práticas, como deve ser aprendido a arte de cozinhar.


Alunos/Chefs da escola Sabor & Saber Gastronomia

Os profissionais de cozinha merecem ser homenageados porque cozinhar é muito mais do que preparar as refeições é fazer para servir o outro, proporcionando-lhe: prazer, saúde, nutrição e alimentando muitos sonhos.

3.139 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

1 Comment


Gustavo Guterman
Gustavo Guterman
Oct 20, 2022

Me perdoem, mas há alguns equívocos no texto. A profissão de cozinheiro nunca foi regulamentada (infelizmente) O projeto de lei que tentou a regulamentação não foi aprovado e por fim acabou por ser arquivado pela não reeleição do deputado autor do projeto. O projeto PL 6049/2005 qnd foi para o senado, se transformou no Projeto de Lei da Câmara n° 74, de 2011, REJEITADO no dia 14/07/2017 Todavia há um projeto em tramitação hoje , o Projeto de Lei n° 1020, de 2022 do Senador Carlos Fávaro (PSD-MT) que tenta novamente a regulamentação.

Abaixo seguem todos os links dos fatos relatados acima https://www.camara.leg.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=303476 https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/102069?o=d https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/152833

Like
bottom of page