top of page
  • Foto do escritorMari Mendes SocialMedia

RECEITA de MADELEINES E LEMBRANÇAS!!!

Em pesquisas para meu doutorado sobre a importância da educação alimentar, me deparei com o autor francês Marcel PROUST e seu encontro gustativo, com profundas emoções, relacionadas à sua memoria e aos bolinhos de limão (chamados de Madeleine) em forma de concha, e o chá, resgatando sua memória de infância, retomando o prazer e vigor pela escrita.


A fama internacional da Madeleine veio exatamente com Proust. No Caminho de Swann, de 1913, primeiro dos sete volumes do clássico Em Busca do Tempo Perdido, ele narra o sabor de uma Madeleine servida com chá. O bolinho de receita simples resgata lembranças de infância e, num momento de epifania, o ajuda a reconstituir toda a sua vida. “Cessara de me sentir medíocre, contingente, mortal. De onde me teria vindo aquela poderosa alegria?”



O bolinho Madeleine se tornou tradição no país europeu (França).



O comportamento alimentar está ligado aos sentidos de nós mesmos e à nossa identidade social. A maneira como nos alimentamos revela constantemente a cultura em que estamos inseridos. Ao longo de nossas vida mudamos nossos gostos e preferências alimentares mas, não podemos negar o peso da memória e do primeiro aprendizado alimentar e algumas formas sociais aprendidas, talvez permaneçam para sempre em nossa consciência.



Registro aqui um Sarau Gastronômico, que fiz aqui na nossa escola Sabor e Saber Gastronomia há 3 anos (dezembro 2010) em que os convidados trouxeram um poema, outros versos e até receita contextualizada como a da Madeleine, trazida pela minha querida amiga e também educadora, de Belo Horizonte Alice Nogueira Gama.


Outra lembrança foi quando em férias na Austrália com meus netos, a vó materna, Sylvie, francesa, fez a receita com as crianças. Foi um sucesso!



Obs.: O bolinho chegou à corte do rei Luís XV, conta a história, através de uma jovem francesa chamada Madeleine, que improvisou a receita da avó durante um banquete.


Receita de Madeleine



Ingredientes:

3 ovos grandes

- 150 g de açúcar

- 150 g de farinha

- 10 g de fermento

- 150 g de manteiga derretida

- 10 g de suco de limão

- raspas de 1/2 limão



Modo de Preparo:

1 - Para a receita é importante ter formas especiais para Madeleine, essas acima, em formato de concha de vieira, podem ser encontradas em lojas de produtos .


Antes de assar:


- Unte as formas com manteiga derretida usando um pincel. - Em um recipiente, acrescente os ovos e dissolva metade da quantidade de açúcar. Utilize o fouet (batedor) para bater até “branquear” os ovos, que devem ficar bem misturados.

- Em seguida, adicione aos poucos a manteiga derretida, acrescente o suco do limão e misture tudo mais uma vez. Por fim, coloque as raspas do limão. - - Utilize o saco de confeitar para colocar a massa pronta nas forminhas e coloque em um forno pré-aquecido a 180ºC. Se você quiser outro sabor, pode colocar uma gota de chocolate no meio da massa antes de assar ou raspas de laranja.

6 - Dica: Bata as formas para a massa “subir” antes de ir ao forno

7 - O tempo no forno é de 8 a 9 minutos, com um rendimento de 45 a 50 Madeleines.

8 - Para finalizar: Peneire açúcar de confeiteiro, com ajuda de uma colher, sobre os bolinhos e sirva.



14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page