top of page
  • Foto do escritorKelly Moura Fé

ONU- HABITAT- EVENTO CIRCUITO URBANO COM ANA TOMAZONI


ONU-HABITAT Evento: “Cidades Inovadoras e Inclusivas”

Circuito Urbano 2019 com Ana Tomazoni


O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-HABITAT) recebeu até 26 de agosto inscrições de organizações interessadas em receber apoio institucional para a realização de eventos no Circuito Urbano 2019.


Os eventos ocorreram entre 1 e 31 de outubro em cidades de todo o Brasil e abordaram inovações sociais, tecnológicas, econômico/financeiras e de políticas públicas e governança que contribuam para o aprimoramento dos serviços ou da política urbana. A agenda do ONU-Habitat estendeu-se por todo mês de outubro por diversas instituições culturais pelo Brasil a fim de visibilizar temas urbanos.

A 2ª edição do Circuito Urbano teve como tema geral “Cidades Inovadoras e Inclusivas” e como pergunta inspiradora “Como a inovação pode aprimorar serviços e políticas urbanas de maneira inclusiva e sustentável?”.

No dia 26 de outubro, das 11:00 às 19:00 h, aconteceu programação especial, na cidade de São Bernardo do Campo – na Casa Sete, Rua Carlos Gomes, 130, Centro- SBC.






















A casa Sete foi escolhida para ser sede do projeto Circuito Urbano 2019 promovido pela ONU Habitat, o qual tem como objetivo discutir a temática “Cidades Inovadoras e Inclusivas”.


O tema em discussão para outubro foi : Arte e Urbanicidade

Como todos os últimos sábados do mês, o ateliê coletivo abre suas portas à comunidade. O residente da casa e idealizador do evento desse mês é o coletivo CONTRA-FLUXO. Além da Casa Aberta, a agenda do ONU-Habitat estendeu-se por todo mês de outubro por diversas instituições culturais pelo Brasil a fim de visibilizar temas urbanos.


A Casa SETE propôs, no dia 26, atividades sobre novas formas de atuar no Habitat e nas cidades em prol da coletividade, debatendo como aproximar a alimentação saudável da nossa cozinha, colaborando com o desenvolvimento sustentável.

As questões que nortearam as discussões buscaram fomentar o debate de como as transformações das cidades, das relações e do meio ambiente vêm afetando o Habitat em que vivemos.

As atividades, que contaram com palestrantes especialistas na área de habitação, cozinha, educação, permacultura e planejamento urbano, foram gratuitas e destinadas a todos os públicos, inclusive às crianças!



· Arte

Horário · Sábado, 26 de Outubro de 2019

11:00 – 12:00

Abertura - Roda de Conversa: Claudia Visoni - (Bancada Ativista) + Marquinhos Projeto Menino e Meninas de Rua

11:00 – 18:00

Feira de Orgânicos

11:00 – 19:00

Exposição Dollar Street

11:00 – 19:00

Exposição O Habitat no ABC

11:00 – 19:00

Exposição fotográfica Ricardo Sanchez: Ocupações


Casa SETE — PROGRAMAÇÃO

Programação do evento:11:00 h, Abertura com a Cláudia Visoni (Bancada Ativista) e Marquinhos projeto meninas e meninos de rua.12:30 - O Habitar na cidade: Iniciativas e Perspectivas - MUDE + CONTRA-FLUXO. 4:00 - Consumo Consciente através dos resíduos - Marília Amorim. 15:00 - Talk + Oficina dos sentidos e gentilezas, com mão na massa e degustação, em trabalho com frutos do Bioma Mata Atlântica - Slow Food - Ana Tomazoni - 12:00 - 16:00 - Intervenção Urban DOTS - Maurício Jabur


A Chef de cozinha Ana Maria Ruiz Tomazoni é doutora em educação e líder do Convívio Slow Food Grande ABCSP, apresentou a importância do “ato de cozinhar” e de uma preparação com alimentos orgânicos ou comprados em hortas urbanas próximas de onde a pessoa mora.





Apresentando também, os biomas brasileiros e os alimentos nativos. Preparou com fruto endêmico da Mata Atlântica “o Cambuci” várias receitas com a participação de várias pessoas presentes assim como as degustações instigantes e saborosas dos sucos e pratos.

O Movimento Slow Food nasceu na Itália em 1986, pela luta em preservar o alimento nativo e conhecido pela sua população e ainda ser um alimento BOM com prazer em come-lo, LIMPO plantado e cuidado de forma consciente sem agrotóxicos e JUSTO vendido com valor justo para aquele que o plantou e cuidou.

Na ação foi abordado por toda apresentação a importância da gentileza, nas mais variadas atividades como atuar no Habitat, nas cidades, em vida comunitária e relações com o outro e com você mesmo.

Gentileza primeiramente com sua saúde e a relação com os alimentos e suas reflexões de sustentabilidade e meio ambiente afetando o nossa vida como um todo! Com gentileza nossa vida sempre é mais leve e prazerosa!





Sobre o evento:


Circuito Urbano 2019: http://www.circuitourbano.org/

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

留言


bottom of page