• Chef. Ana Maria Tomazoni

Dia Nacional da Mandioca

Celebrando o Dia Nacional da Mandioca e ter boas recordações faz a diferença em nossa vida.

Fiz uma busca no nosso amigo google e percebi quantos registros desde 2008, com atividades relacionadas ao tema. Tenho com crianças, adolescentes, idosos, entidades sociais, congressos, indígenas e outros... AMO MANDIOCA!


Como ativista do Movimento Slow Food no Brasil, desde 2008, temos alguns grupos de trabalho, faço parte de alguns entre eles GT Educação, GT Mandioca, GT Slow Fish. Para celebrar o Dia Nacional da Mandioca a Rede Slow Food Brasil está convidando a todos para entrarem no site Slow Food Brasil,

@www.slowfoodbrasil.com.br participarem com alguma contribuição ou aproveitarem as varias informações e estudo que temos sobre o tema. Junte-se a nós.


Foi para oficializar o Dia Nacional da Mandioca (Manihot esculenta), a ser comemorado anualmente no dia 22 de abril, em todo o Território Nacional. Você sabia que existe um projeto lei desde 2013.

A Embrapa Mandioca, criou o Dia da Mandioca em 2007. O dia coincide com o Descobrimento do Brasil, propositalmente, devido à sua relevância para o país, desde a sua colonização.


A mandioca, reverenciada já há muito tempo e apelidada como a “rainha do Brasil”, foi eleita pela Organização das Nações Unidas, a ONU, como o alimento do século XXI. De Norte a Sul do Brasil, a mandioca é cultivada e consumida. Encontramos receitas doces, salgadas e bebidas, feitas com mandioca.


O pesquisador e professor Joselito Motta (da Embrapa), coloca a grande importância econômica para o Brasil, assim como sua relevância social para o país. De acordo com ele, o cultivo do alimento é essencial para a segurança alimentar, pois a mandioca se difere dos outros alimentos quando em relação ao seu cultivo em lugares semiáridos.


Gostaria de finalizar com um comentário: quando falamos de mandioca, muitos me perguntam se existe variedade venenosa, quais são as características etc. Quando estudamos a mandioca realmente descobrimos um mundo a parte com tantos tipos e variedades. A Manihot esculenta é dividida em dois tipos: brava e mansa, de acordo com seu nível de toxicidade. Quando mansa, também é chamada de aipim ou macaxeira. Planta que alcança uma média de 2 metros de altura a partir do solo, é totalmente aproveitável, das folhas às raízes – seu tronco em geral é usado para ração de animais ou adubo. Suas raízes são ricas em carboidratos enquanto as folhas, em proteínas. No caso da mandioca brava, as folhas também são tóxicas e devem ser processadas (trituradas, expostas ao vento etc.) antes de consumidas. Temos muitos estudos nesse sentido.



Mandioca e seus benefícios nutricionais


A mandioca é considerada um alimento bastante nutritivo, possui fontes de carboidrato, amido, vitaminas, ferro, fósforo, potássio e sais minerais, se tornando um bom alimento para a nossa imunidade. Não contém glúten e ainda ajuda na produção de serotonina, substância responsável pela sensação de bem estar. Auxilia no funcionamento intestinal devido ao seu alto teor de fibras. Crie paladar e consuma!

Receitas

Palitos e Pão de Queijo com Mandioca



Ingredientes

250g de polvilho azedo

250g de polvilho doce 500g de mandioca cozida e espremida ou amassada com garfo 1\2 xícara de chá de leite

3\4 xícara de chá de óleo 1 colher de chá de sal ou a gosto

3 ovos 200g de queijo ralado meia cura ou parmesão


Modo de Preparo


  1. Em recipiente misture os polvilhos e reserve.

  2. Em uma panela coloque a mandioca o leite o sal o óleo e leve para ferver no fogo médio até que ferva, só então despeje sobre o polvilhos e misture bem.

  3. Vá adicionando os ovos um a um mexendo ( com auxilio de colher de pau ou fouet) a cada adição e junte o queijo ralado e amasse até incorporar.

  4. Modele os palitos ou as bolinhas de pão de queijo (médias) .

  5. Coloque numa assadeira untada com óleo e leve para assar em forno 180º.C (preaquecido) por 20minutos ou ate dourar, retire e sirva.

Dica: pode ser frito.

Sugestões de Molhos para acompanhar os palitos de mandioca e queijo.

Vinagrete de Cambuci


Ingredientes


3 tomates sem sementes

2 cambucis (1 pitado 1 batido) ou / e 2 colheres de suco de limão

1 cebola média

1 dente alho grande

½ xícara de chá de azeite de oliva Sal e pimenta a gosto

1 xícara de chá salsinha picada ou/e ervas

Modo de Preparo


  1. Misture o Cambuci batido ou bem amassadinho, o limão com o azeite de oliva, bata até ficar cremoso, junte, o tomate, cebola, alho, sal pimenta e ervas. Prove!

  2. Sirva a parte.

Manjar de Tapioca


Meus netos australianos amam, toda vez que viajo levo na mala vários saquinhos: essa é a a tapioca granulada mas quebradinha.



Manjar de Tapioca com Abacaxi Grelhado



Um manjar diferenciado, de baixo custo com sabor inusitado!


Ingredientes


1 litro de leite

1 vidro de leite de coco

1 ½ xícara (chá) de açúcar

1 xícara de chá de coco ralado

1 xícara (chá) de tapioca granulada

1 pitada de sal


Modo de Preparo


  1. Coloque em uma panela grande o leite, o açúcar, o sal e a tapioca, mexa até engrossar. Coloque o leite de coco, coco ralado e continue mexendo por mais 3 minutos.

  2. Coloque em forma de anel (com buraco central), untada com óleo, o manjar. Leve para gelar. Se preferir coloque em forminhas pequenas para servir individual.

Acompanhamento - Abacaxi Grelhado


1 abacaxi médio. Higienizar bem a casca do abacaxi (aproveite congela-las, para sucos e chás).

Corte em rodelas e grelhe em frigideira de ferro ou ante aderente.


Montagem


No prato que será servido coloque a fatia de abacaxi grelhado, em cima o manjar de tapioca e cubra com a calda de sua preferencia!


© 2023 por VIVENA Comunicação.